NOVA XAVANTINA

Em Missa ao ar livre, lançado Projeto Amigos da Igrejinha; capela histórica de Nova Xavantina

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp


Aconteceu nesta segunda feira, 04, mais uma Missa na Capela Nossa Senhora Auxiliadora, mais conhecida como a "Igrejinha" do bairro Xavantina Velha.

Histórica e tradicional, a igreja foi contruída pela primeira turma da Expedição Roncador Xingú, ainda sob as ordens de Coronel Flaviano de Mattos Vanique, por volta de 1.945.

Nela, durante algum tempo, permaneceu a imagem de Dona Alda Vanique, a jovem esposa do Coronel muito querida da população, que se suicidou numa tarde de agosto de 1.947 em sua residência, à poucos metros da igreja, no imóvel hoje adquirido pela Prefeitura para restauração e presevação do patrimônio histórico municipal.

Construída certamente por algum escultor amigo, a imagem lá esteve durante anos, até que foi removida, provavelmente por não ser a homenageada uma Santa oficialmente canonizada pela Igreja Católica.

"Tinha mais ou menos um metro de altura a imagem; ela era clara, de cabelos de tranças, magra, muito bonita, parecia feita à mão, desenhada" conta Maíza Sokolosky, nascida e criada no bairro, que quando criança chegou a ver a imagem na Igreja.

Muito visitada por familares de descedententes de pioneiros, e pela  comunidade em geral, na Igrejinha do setor Xavantina se realiza casamentos, velórios de pioneiros e nesta segunda feira voltou a tocar o sino das 18 horas, uma de suas grandes bossas, um momento mágico e único, de rara beleza e profundidade religiosa, de precioso simbolismo dentro dos crepúsculos -a hora da Ave Maria!-, e que há algum tempo não se ouvia 

PROJETO

Celebrada pelo Padre Clemente, com a presença do Padre João Bosco, esta semana porém a Missa teve um objetivo prático, concreto e social..

Ela antecedeu o lançamento do projeto Amigos da Igrejinha, que pretende mobilizar os amigos, frequentadores, moradores, fiéis, devotos e todos os que se dispuserem a ajudar com as obras de reforma e restauração de sua estrutura, cujo telhado, paredes, pintura e outros ítens estão carecendo de investimentos.

À frente do movimento está o Padre João Bosco, pároco da Igreja Catóica do município, auxiliado por moradoras e frequentadoras da igreja como a Cida, Vera, Ivani, Alda e demais fiéis. Aceita-se qualquer doação para as obras, desde um saco de cimento ou metro de areia, um tijolo ou uma pá, até alimentação no dia dos mutirões.

Presente na Missa, o prefeito João Batista Vaz da Silva, o João Cebola, disse que irá mandar fazer um projeto para avaliar os custos da reforma. "Vamos planilhar quanto seria uma reforma ideal, com qualidade, restaurando suas estruturas, para termos um ponto de partida" disse Cebola ao NX1;

Veja fotos da Missa desta segunda feira na Capela Nossa Senhora Auxiliadora:

 

 

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias