NOVA XAVANTINA

Rachada, Câmara Municipal de Nova Xavantina elege novo presidente

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp


Aconteceu neste último domingo, 01 de janeiro, a posse  dos eleitos nas eleições de outubro último para prefeito, vice prefeito e vereadores de Nova Xavantina.

O prefeito João Batista Vaz da Silva, o João Cebola (PSD), assumiu o seu segundo mandato, após cumprir um ano  de exercício no segundo mandato do ex-prefeito Gercino Caetano Rosa, de quem era vice. 

Também assumiram seus mandatos o agora vice prefeito, ex-vereador Ney Welinton (PSDB), e os onze vereadores eleitos,  bem como se procedeu a eleição da nova composição da Mesa Diretora do legislativo municipal para o biênio 2017/2018.

Duas chapas se apresentaram para a disputa: uma encabeçada pelo vereador João Machado (PSB), o João Bang como é conhecido e a segunda, representada por Dr. Eduardo (DEM), um dos novos vereadores que assumiram o mandato neste primeiro de janeiro de 2.017.

A disputa foi apertada, tendo vencido a chapa de João Machado (também novato), por seis votos a cinco, o que de certa forma delimita como deverá ser o placar das votações polêmicas no mandato que se inicia. Para vice presidente, foi eleito o vereador Cézinha (PTB).

Para primeiro secretário, ficou o vereador Fernando Souza (PSB), outra estréia no poder legislativo municipal, o mais votado do pleito, e para segundo secretário, o vereador Luizmar Bernardes (PDT).

CÂMARA RACHADA

Durante a votação houve debates, com os vereadores que formaram a chapa encabeçada por Dr. Eduardo defendendo que a candidatura nasceu da discordância quanto ao "método" como fora escolhida a chapa de João Bang, segundo eles, sem consulta ao grupo.

Votaram na chapa dissidente os vereadores Dr. Eduardo, Valteri Araújo (DEM) -estreante da Câmara-, Elias Bueno (PSDB), Rosimeire Pazeto (PP) -estreante, única mulher no presente mandato- e Sávio Luís (PP).

Votaram na chapa vencedora os vereadores João Machado, Cezinha, Luizmar Bernardes (PDT), Edilson Caetano (PSD), Fernandinho Souza e Pedro Breitembach (PDT), também estreante, irmão do ex-vereador Flávio Leopoldo Breitembach.

Em seus pronunciamentos, os vereadores da chapa perdedora negaram um movimento de oposição na Câmara em relação ao governo municipal com o lançamento da chapa, mas sim, afirmaram tratar-se de uma resposta do grupo à "forma" como, segundo eles, teria sido conduzido o processo. 

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias