NOVA XAVANTINA

Rússia criou ‘fazenda de trolls’ para criticar Ucrânia na internet

COMPARTILHE

Meta divulga relatório sobre ação russa
Unsplash/Dima Solomin

Meta divulga relatório sobre ação russa

A Rússia criou uma campanha massiva de desinformação para tentar forjar uma percepção de apoio online à invasão da Ucrânia, de acordo com o Relatório de Ameaças Adversas da Meta, divulgado nesta quinta-feira (4).

A empresa, controladora do Facebook, Instagram e WhatsApp, afirma que descobriu uma “fazenda de trolls” em São Petersburgo. Nela, contas falsas tinham o objetivo de postar comentários pró-Rússia em conteúdo postado por influenciadores em diversas redes sociais.

De acordo com as análises da Meta, o movimento não conseguiu gerar um engajamento “autêntico substancial”, ou seja, pessoas reais não aderiram à campanha pró-Rússia.

A empresa estadunidense afirma que a campanha foi relacionada à Agência de Pesquisa de Internet da Rússia, mesmo órgão ligado à interferência eleitoral nos Estados Unidos e outros países desde 2016, através de campanhas online.

A Meta suspendeu 1.037 contas no Instagram e 45 no Facebook que estavam envolvidas com a campanha de desinformação. Além das plataformas da empresa, os comentários também aconteciam no TikTok, Twitter, YouTube e LinkedIn, além das redes sociais russas VKontakte e Odnoklassniki.


Fonte: IG TECNOLOGIA

Comente abaixo:

COMPARTILHE

FAMOSOS

Últimas Notícias