NOVA XAVANTINA

Após excluir live de Bolsonaro, YouTube derruba 21 vídeos sobre o tema

COMPARTILHE

Jair Bolsonaro durante live
Reprodução – 28/04/22

Jair Bolsonaro durante live

Depois de excluir uma live do presidente Jair Bolsonaro  de julho do ano passado, na qual ele ataca, sem provas, o sistema eleitoral brasileiro, o YouTube derrubou mais 21 vídeos sobre o mesmo tema nesta semana. A informação é de um levantamento da empresa de análise de dados Novelo, divulgado neste domingo (24).

Na terça-feira (19), um dia após a exclusão da live do canal de Bolsonaro, o YouTube deletou 18 vídeos com o mesmo tema. Dentre os canais punidos, estão o do deputado federal Eduardo Bolsonaro, o do senador Flávio Bolsonaro e o do deputado estadual de São Paulo Gil Diniz.

Já na quinta-feira (21), outros três vídeos relacionados à live foram derrubados pelo YouTube, incluindo um publicado no canal do deputado federal Carlos Jordy.

Todos os vídeos foram excluídos por violarem a política contra desinformação eleitoral da plataforma. Na live em questão, Bolsonaro afirmou que havia “indícios” de fraude eleitoral nas eleições de 2018 e que “algo de muito esquisito” havia acontecido. “Qual o futuro do nosso Brasil se nós terminarmos eleições onde um lado ou outro desconfia e começa a realizar ações contrárias ao pleito?”, ameaçou. O presidente não apresentou quaisquer provas sobre as acusações.

Desde março deste ano, o YouTube proíbe a publicação e circulação de conteúdos que contenham “alegações falsas de que as urnas eletrônicas brasileiras foram hackeadas na eleição presidencial de 2018 e de que os votos foram adulterados”.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Comente abaixo:

COMPARTILHE

FAMOSOS

Últimas Notícias