NOVA XAVANTINA

Compra do Twitter: Musk foi investigado pela SEC por conta de tuíte

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

Elon Musk foi investigado pela SEC
Steve Jurvetson/Flickr

Elon Musk foi investigado pela SEC

A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês) investigou o bilionário Elon Musk. O órgão pediu para que ele esclarecesse um tuíte publicado em 17 de maio, no qual afirma que poderia romper o acordo de compra do Twitter.

Na publicação, Musk diz que o número de contas falsas de spam no Twitter deve ser de 20%, maior que os 5% anunciados pela empresa. “Minha oferta foi baseada na precisão dos registros da SEC do Twitter. Ontem, o CEO do Twitter se recusou publicamente a mostrar prova de menos de 5%. Este acordo não pode avançar até que ele o faça”, escreveu o bilionário, na ocasião.

O pedido de esclarecimento foi revelado pela CNBC nesta quinta-feira (14), quando o veículo teve acesso a uma carta datada de 7 de junho na qual o advogado de Musk presta esclarecimentos à SEC a respeito do tuíte.

Na ocasião, a SEC havia questionado por que Musk disse publicamento que o acordo não poderia avançar sendo que, legalmente, ele não havia comunicado o órgão sobre essa possibilidade. “Apesar do desejo do Sr. Musk de obter informações para avaliar o potencial spam e contas falsas, não houve nenhuma mudança material nos planos e propostas do Sr. Musk em relação à transação proposta naquele momento”, respondeu o advogado de Musk, Mike Ringler.

Na ocasião, o bilionário ainda não havia desistido de compra a rede social, o que veio a se consumar no início de julho . Agora, Musk e Twitter se enfrentam nos tribunais , já que a rede social exige que o acordo de compra seja cumprido.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias