NOVA XAVANTINA

Prime Day provoca corrida nas concorrentes e descontos chegam a 70%

COMPARTILHE

Amazon Prime Day provoca alvoroço na concorrência
Lucas Lima

Amazon Prime Day provoca alvoroço na concorrência

Na esteira aberta pelo  Prime Day — campanha na qual a Amazon oferece descontos para os assinantes de seu pacote de beneficios, quem navega pela internet nesta semana pode encontrar promoções por todo o lado.

Em tempos de vacas magras, para fazer frente à gigante americana, Casas Bahia, Mercado Livre e Magazine Luiza são alguns dos sites que estão oferecendo até 70% de abatimento em seus produtos.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG 

Segundo o professor de Finanças do Ibmec Haroldo Monteiro, a ordem que movimenta o varejo on-line é não ficar para trás. Ainda mais em se tratando da tentativa de competir contra a Amazon, que é uma marca conhecida, em expansão no Brasil e que já consolidou a promoção no calendário dos consumidores.

Em dois anos, a Amazon inaugurou 16 estabelecimentos, entre centros de distribuição e estações de entrega no país. Segundo a companhia, os investimentos no país estão focados no longo prazo.

“Dado que a Amazon criou a campanha, as outras empresas acabam de uma forma geral se beneficiando desse dia se praticarem também menores preços em alguns dos seus produtos”, observa Monteiro, para quem as concorrentes podem se beneficiar da intenção de consumo dos que não encontraram determinados produtos em promoção na Amazon. “E se as marcas não aproveitam este dia, ficam pra trás.” 

O mês de julho, segundo o coordenador do curso de Marketing da FGV, Fernando Marchesini, sempre foi de muitas promoções. Por conta das férias escolares, o fluxo de pessoas nas ruas inspirava o comércio físico a baixar preços na tentativa de atrair o consumo por impulso.

Esse formato se transfere para a internet num período em que os consumidores também estão mais expostos à publicidade on-line, consumindo mais entretenimento na internet.

A Amazon, nestes dias 12 e 13 de julho, oferece os descontos de até 50%, além de frete gratuito sem valor mínimo por pedido para todo o Brasil em produtos enviados pela empresa, para os assinantes de seu pacote de streaming Prime (a assinatura custa R$ 14,90 ao mês ou R$ 119 ao ano, equivalente a R$ 9,91 ao mês). 

A Casas Bahia promoveu a quarta edição do Vip Days, seu programa gratuito de fidelidade, entre os dias 8 e 12, com até 50% de desconto para os cadastrados. Além disso, a varejista oferece frete grátis para as regiões Sul e Sudeste e entrega em até 48 horas, serviço premium de armazenamento em nuvem por três meses, e outros benefícios.

O Mercado Livre oferece em cupons de até 70% de desconto para produtos de diversas categorias, além de vouchers para quem comprar acima de determinados valores, e envio rápido e grátis em compras a partir de R$ 79.

“O interesse da empresa é utilizar a fidelização como um processo de vendas dos produtos. Hoje, é muito difícil fidelizar qualquer consumidor, que tem uma gama de ofertas à disposição. Ninguém compra mais em uma primeira olhada. Com um clique, qualquer pessoa pode comprar os preços e vantagens em cada site”, diz Marchesini. 

Ele continua:

“Então, se uma loja tem uma TV por R$ 2.900 e a outra, por R$ 2.850, mas entrega de graça ou te dá um voucher para usar na compra de outro produto, a vantagem faz mais diferença que o preço. E a loja está tentando fidelizar a pessoa a comprar um outro produto. Essas promoções estão cada vez mais agressivas em períodos mais interessantes.”

A Casas Bahia realiza o VIP Days mensalmente, desde abril, mas as datas variam a cada mês. Em julho, a rede antecipou e coincidiu com o primeiro dia da campanha da Amazon. E os resultados do programa de fidelidade estão de acordo com a estratégia, conta Guilherme Perez Simões, gerente executivo de CRM e Fidelidade da Via, dona das marcas Casas Bahia e Pontofrio:

“Os resultados têm sido promissores. Com o Vip Casas Bahia, nosso programa de fidelidade, a rede percebeu uma maior recorrência do cliente e o dobro da taxa de conversão em relação a quem não integra o programa.”

Fonte: IG TECNOLOGIA

Comente abaixo:

COMPARTILHE

FAMOSOS

Últimas Notícias