NOVA XAVANTINA

Mulher é detida pela Polícia Civil por maus-tratos a animais em Vila Rica

COMPARTILHE

Uma mulher de 22 anos foi presa em flagrante pela Polícia Civil, na tarde desta terça-feira (12.07), em Vila Rica, na região nordeste do estado, por maus-tratos a animais.

A Delegacia de Vila Rica recebeu uma denúncia de que uma cadela seria vítima de maus-tratos. Para checar a informação recebida, a equipe foi até a quitinete, onde a moradora alegou que o animal estaria com leishmaniose.

Contudo, os policiais perceberam que os vasilhames de água e ração estavam vazios e, ao colocarem um pouco de comida, a cadela comeu de forma rápida, demonstrando que estava faminta.

Diante do fato, a mulher recebeu voz de prisão e foi encaminhada à Delegacia de Vila Rica para os procedimentos de flagrante.

Um veterinário consultado pelo delegado Diogo Jobane informou que o estado de saúde do animal é grave e que a cadela está com leishmaniose.

O crime de maus-tratos a animais está previsto na lei 9.605. Em 2020, a lei 14.064 aumentou a pena a quem como abusar, maltratar, ferir ou mutilar cães e gatos, para 2 a 5 anos de reclusão, multa e proibição da guarda. Caso o crime resulte na morte do animal, a pena pode ser aumentada em até 1/3.

Fonte: Araguaia Noticia

Comente abaixo:

COMPARTILHE

FAMOSOS

Últimas Notícias