NOVA XAVANTINA

Inter goleia o Colo-Colo e conquista classificação histórica na CONMEBOL Sul-Americana

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

Diante do maior público registrado no Beira-Rio desde a reabertura dos portões de nossa casa, Clube e Povo jogaram juntos. Entre a recepção com Ruas de Fogo e o show de luzes depois do apito final, quatro gols fizeram o Gigante delirar. Superado por 2 a 0 na ida, o Inter até levou um susto no começo do jogo desta terça-feira (05/07), quando Costa marcou para o Colo-Colo, mas Alan Patrick e Edenilson trataram de virar o escore ainda no primeiro tempo. Já na segunda etapa, Alemão e Pedro Henrique garantiram o 4 a 1 e a vaga nas quartas da CONMEBOL Sul-Americana.

+ Confira a galeria de fotos;

+ Assista aos melhores momentos;

O Inter agora volta suas atenções para a próxima segunda-feira (11/07), quando enfrentará o América-MG pela 16ª rodada do Brasileirão. No Beira-Rio, o Colorado irá a campo a partir das 20h, e o Check-In da partida já está liberado. Clique aqui para confirmar sua presença no duelo. Pela CONMEBOL Sul-Americana, o Clube do Povo ainda aguarda a definição de seu adversário na fase de quartas de final, que virá do embate entre Deportivo Cali-COL e Melgar-PER. Na semana passada, as equipes empataram sem gols no jogo de ida, disputado na Colômbia.

Time e torcida fizeram história no Gigante/Foto: Ricardo Duarte

Susto no começo, virada a jato

Apoiado por grande festa das mais de 40 mil pessoas presentes no Gigante, o Inter tratou de pressionar o Colo-Colo nos movimentos de abertura do confronto. Assim, apostando na presença de área do centroavante Alemão e explorando a velocidade de Pedro Henrique, que atuou aberto pela ponta-direita, o Clube do Povo controlou os primeiros cinco minutos de partida, mas sem conseguir levar verdadeiro perigo à meta chilena.

Torcida deu show nas arquibancadas/Foto: Ricardo Duarte

Elevando a tensão no Beira-Rio, os visitantes abriram o placar aos 14, em cobrança de pênalti convertida por Costa. A partir de então, todos vivemos minutos de puro nervosismo, mas que não deram espaço à descrença. Acreditando em cada dividida, o Inter empatou com Alan Patrick, dono do iluminado pé direito que ficou a com a posse após Pedro Henrique desarmar a zaga chilena. Adicione, daqui em diante, mais alguns decibéis à já estridente festa no Gigante.

O Inter sentiu que era hora de pressionar em busca da virada, e precisou de apenas três minutos para voltar a balançar as redes rivais. Camisa 10 de almanaque, Alan conduziu o time para a frente e aguardou por ultrapassagem de Moisés. Servido pelo companheiro, o lateral tentou a devolução em cruzamento por baixo. Desequilibrado, o zagueiro Falcón resvalou na bola e mudou o endereço da assistência. Antes direcionada para Patrick, ela encontrou o pé esquerdo de Edenilson. GOLAÇO!

Ed fez o Beira-Rio explodir com o gol da virada/Foto: Ricardo Duarte

Logo depois do canhotaço de Ed, Alan precisou deixar o campo. Substituto do 10, Taison não deixou o ritmo cair, e passou a protagonizar mais uma noite de pura idolatria no Beira-Rio. Já em sua primeira participação, o camisa 7 armou jogada de perigo para Pena, que cruzou bola fechada – a duras penas cortada pela zaga. Ainda antes do intervalo, Moisés arriscou bom chute de perna direita, que saiu por cima. Para o segundo tempo, precisávamos de mais um. No mínimo.

Alan foi decisivo no primeiro tempo/Foto: Ricardo Duarte

Catarse no Beira-Rio

Três minutos após o reinício de confronto, Pedro Henrique recebeu mais um grande passe de Moisés, girou para cima do marcador e finalizou tirando tinta do poste. Já aos nove, quem brilhou foi Taison, que retornou para a etapa final atuando na ponta-esquerda. Em velocidade, o ídolo fez a diagonal e lançou PH. Forte demais, ela saiu, por detalhe, em tiro de meta. Logo depois, o 7 tentou decidir, e mandou um foguete endereçado ao ângulo. De mão trocada, o goleiro salvou, mas ficava claro: o gol era questão de tempo. Ou melhor, de segundos.

Alemão marcou o terceiro/Foto: Ricardo Duarte

Enquanto o goleiro Cortes bradava com seus defensores, indignado com o espaço ofertado para Taison, Edenilson encontrou uma rara oportunidade. Genial, o camisa oito cobrou escanteio à meia-altura, na desprotegida primeira trave chilena. Colorado desde a infância, Alemão parecia saber o que se passava na cabeça do companheiro, e disparou rumo à trajetória da bola. Sem espaço para definir com o pé, transformou o corpo em artilharia, e fez o terceiro. A desvantagem chegava ao fim.

O quarto gol quase saiu junto do terceiro. Verdadeiro leão em campo, Edenilson ofereceu excelente passe em profundidade para Pedro Henrique, que finalizou, já de dentro da área, para defesa atabalhoada do goleiro. Atento aos sinais do jogo, Bustos percebeu que PH estava muito mais inteiro do que o lateral-esquerdo adversário, e não teve constrangimento de ligar defesa a ataque na casa dos 28 minutos. Desta vez, não existiu rival capaz de segurar Pedro. Pela primeira vez no confronto, o agregado era nosso!

PH confirmou a classificação colorada/Foto: Ricardo Duarte

Além de Taison, Mano já havia realizado outras duas trocas antes do 4 a 1. Ainda no intervalo, Moledo substituíra Vitão, que tinha amarelo. Logo depois do terceiro gol, David veio a campo no lugar de Alemão. Completando as mudanças, Kaique e Mauricio entraram aos 32, e ajudaram o Inter a segurar a vantagem. No 50º minuto do segundo tempo, veio a certeza: a vaga era nossa. Começava o carnaval no Beira-Rio, templo onde nenhuma festa popular fica fora de época.


Primeiro tempo

3min – UUUUUUUUUUH! Inter chega com Alemão, que disputa espaço com a zaga e quase consegue a finalização da entrada da pequena área. De qualquer maneira, marcador afasta pela linha de fundo.

4min – Valeu, Pedro! De fora da área, pela direita, camisa 15 arrisca rasteira. Tiro de meta.

11min – Pedro Henrique escapa pela direita, é lançado por Vitão e faz o cruzamento. De voleio, Pena finaliza mascado.

12min – Arbitragem indica pênalti para o Colo-Colo.

14min – Costa abre o placar para os chilenos.

19min – MILAAAAAAGRE DO GOLEIRO! Pela direita, Pedro Henrique deixa jogo com Bustos, que cruza rasteiro. Na primeira trave, Alan Patrick faz o toque de letra para Pena, que aparece livre na esquerda e finaliza de carrinho, mas abafado por grande defesa do rival.

24min – Pavez recebe o amarelo por carrinho forte em Pena.

26min – Gil e Gabriel levam amarelo.

27min – Amarelo para Edenilson.

28min – É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO INTER, É GOL DO CLUBE DO POVO, É GOL COLORAAAADO! ALAN, ALAN, ALAN PATRICK É O MEU 10! VAAAAAAAAAMOS MEU INTER! PEDRO HENRIQUE É LANÇADO NA DIREITA DA ÁREA CHILENA, SOFRE O DESARME, MAS BRIGA PELA POSSE E GANHA A SOBRA PARA ALAN PATRICK. DE FRENTE COM O GOLEIRO, O CAMISA 10 CHUTA RASTEIRO E CRUZADO PARA ABRIR O ESCORE COLORADO. AGORA, 1 A 1 NO GIGANTE!

30min – Vitão recebe o amarelo por impedir contra-ataque adversário.

31min – É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! VIRA, VIROU! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! NÓS VIRAAAAAAAAAAAAAAAMOS! É GOOOOOL! FALTA UM! VAMOS, ED! SUPERED! VAMOS, ED! SUPERED! PELA ESQUERDA, MOISÉS RECEBE DE ALAN E CRUZA LINDA BOLA RASTEIRA. A ZAGA NÃO AFASTA, E ELA SOBRA LIMPA PARA EDENILSON, QUE SOLTA O CANHOTAÇO. FALTA UM PARA EMPATAR NO AGREGADO!

37min – Com dores, Alan Patrick deixa o campo. Vem Taison. Vamos, ídolo!

39min – POR DETALHE! Taison dispara em velocidade, costura pelo centro e estica jogo até Pena, que cruza duas vezes. Na primeira, a zaga fura. Depois, o goleiro encaixa.

45min – Primeiro tempo vai a 47. Placa subiu indicando mais dois.

46min – UUUUUUUUUUH! Moisés fica com o rebote de corte parcial da zaga chilena, arma para a perna direita e arrisca. Assustou!

47min – Intervalo no Gigante!


Segundo tempo

0min – Inter retorna com Moledo em campo. Vitão é substituído.

1min – FAAAAALTA! Zaldivia não deixa Pedro Henrique disparar em velocidade, e é punido com amarelo.

3min – TIROU TIIIIIIIIIIINTA! Moisés faz grande jogada e lança Pedro Henrique, que faz o giro em cima da marcação e manda a bomba. Que pecado essa bola não entrar!

8min – Solari é lançado pela direita da área colorada e arrisca chute forte. Ela sai por cima.

9min – FEZ FILA! Taison corta da ponta-esquerda para o centro, deixa a marcação comendo poeira e tenta o toque rasteiro para Pedro, que se estica, mas não acerta o carrinho.

11min – DANIEEEEEEL! Em condição irregular, Lucero desvia de peixinho, já dentro da área colorada. Goleirão faz o milagre.

14min – MILAAAAAAAAAAGRE! QUE MILAAAAAAAGRE! TAISON RECEBE LINDA INVERSÃO DE PENA E SOLTA A BOMBA. NO ÂNGULO, DE MÃO TROCADO, O GOLEIRO BUSCA.

15min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É O TERCEIRO! GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOL DO INTER! ALEMÃÃÃÃÃÃÃÃÃO! ALEMÃÃÃÃÃÃÃO! ALEMÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO! ALEMÃÃÃÃÃÃÃO! GENIAL, EDENILSON! GENIAL, SUPERED! GENIAL, MEU OITO! PELA DIREITA, ELE COBRA O ESCANTEIO ANTES DA ZAGA CHILENA SE POSICIONAR. NA PRIMEIRA TRAVE, ALEMÃO DESVIA PARA AS REDES! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL!

17min – UUUUUUUUH! Ed arma contra-ataque em altíssima velocidade para o Inter, e abre jogo com Pedro Henrique. O atacante invade a área e chuta de perna direita, mas o goleiro defende em dois tempos.

20min – Duas trocas no Colo-Colo! Solari e Pizarro saem, Bolados e Gutierrez entram.

24min – David por Alemão. Muda o Inter. Vamos!

28min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É O QUAAAAAAAAAAAARTO! É GOL DO INTER! É GOL COLORAAAAAAAAADO! MEU DEUS DO CÉU O QUE ESSE HOMEM CORRE NÃO ESTÁ ESCRITO! EU TE AMO, PEDRINHO! EU TE AMO, COLORADO! DA DEFESA, BUSTOS LANÇA PH, QUE LIGA O TURBO, INVADE A ÁREA E COLOCA RASTEIRO, SME CHANCES PARA O GOLEIRO. O BEIRA-RIO ESTÁ IMPOSSÍVEL HOJE!

32min – MUDAMOS DUAS VEZES. KAIQUE E MAURICIO POR BUSTOS E PEDRO HENRIQUE.

34min – Amarelo para Pena.

35min – Eles também mudam: Zaldivia sai, Bouzat entra.

40min – Moisés recebe o amarelo.

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

46min – Leonardo Gil sai no Colo-Colo. Entra Oroz.

50min – ACABOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOU! O INTER ESTÁ NAS QUARTAS DE FINAL DA CONMEBOL SUL-AMERICANA 2022!


Ficha técnica:

Internacional (4): Daniel; Fabricio Bustos (Kaique Rocha), Gabriel Mercado, Vitão (Rodrigo Moledo) e Moisés; Gabriel, Edenilson, Pedro Henrique (Mauricio), Alan Patrick (Taison) e Carlos de Pena; Alemão (David). Técnico: Mano Menezes.

Colo-Colo (1): Cortés; Opazo, Falcón, Zaldivia (Bouzat) e Suazo; Pizarro (Gutierrez), Pavez e Leonardo Gil (Oroz); Solari (Bolados), Lucero e Costa. Técnico: Gustavo Quinteros.

Gols: Alan Patrick, aos 28’/1ºT, Edenilson, aos 31’/1ºT, Alemão, aos 15’/2ºT, e Pedro Henrique, aos 28’/2ºT (I). Costa, aos 14’/1ºT (C).

Cartões amarelos: Vitão, Pena, Gabriel, Edenilson e Moisés (I). Pavez, Gil e Zaldivia (C).

Arbitragem: Dario Herrera, auxiliado por Gabriel Chade e Maximiliano del Yesso. Quarto árbitro: Pablo Echavarria. VAR: Mauro Vigliano.

Estádio: Beira-Rio.

Público: 40.598. Pagantes: 38.093. Não pagantes: 2.505.

Fonte: Agência Esporte

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias