NOVA XAVANTINA

Apple permite pagamentos fora da App Store na Coreia do Sul

COMPARTILHE

Apple libera pagamentos fora da App Store após nova lei sul-coreana
Divulgação/Apple

Apple libera pagamentos fora da App Store após nova lei sul-coreana

A Apple anunciou nesta quinta-feira (30) que desenvolvedores na Coreia do Sul poderão utilizar formas de pagamento externas em seus aplicativos, sem necessariamente precisarem usar o sistema da App Store.

A mudança aconteceu após o país modificar, no ano passado, a Lei de Negócios de Telecomunicações local, obrigando gigantes de tecnologia como Apple e Google a fornecerem outras alternativas as desenvolvedores. Na ocasião, a Apple criticou a medida, alegando que os métodos de pagamento nativos são mais seguros para os usuários.

Atualmente, a Apple cobra uma taxa que pode chegar a 30% sobre os pagamentos processados na App Store. Esse “imposto” é muito criticado por desenvolvedores em todo o mundo, e discussões legislativas sobre o tema avançam em vários locais, inclusive nos Estados Unidos e na União Europeia.

Na Coreia do Sul, os desenvolvedores que quiserem fornecer aos seus usuários outras alternativas de pagamentos terão que relatar todas as suas vendas para a Apple e, ainda assim, pagar uma comissão de 26%. Além disso, terão que se responsabilizar por todo o processo, além de impedirem alguns acessos aos seus usuários.

“Alguns recursos da App Store, como Pedir para comprar e Compartilhamento familiar, não estarão disponíveis para seus usuários, em parte porque não podemos validar pagamentos que ocorrem fora do aplicativo Sistema de pagamento privado e seguro da loja. A Apple não poderá ajudar os usuários com reembolsos, histórico de compras, gerenciamento de assinaturas e outros problemas encontrados ao comprar bens e serviços digitais por meio de um método de compra alternativo. Você será responsável por resolver tais questões”, afirma a empresa, se dirigindo aos desenvolvedores. “Os desenvolvedores que desejam continuar usando o sistema de compra no aplicativo da Apple podem fazê-lo e nenhuma ação adicional é necessária”, acrescenta.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Comente abaixo:

COMPARTILHE

FAMOSOS

Últimas Notícias