NOVA XAVANTINA

Foto histórica celebra avanços da participação feminina no campo literário de Mato Grosso

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

O imponente prédio do Palácio da Instrução, localizado no centro de Cuiabá, foi o cenário da foto que celebra os avanços da participação feminina no campo literário de Mato Grosso. Inspirado em ‘Um grande dia no Harlem’, foto de 1958 que eternizou a era dourada do jazz, o registro reuniu um grupo de mulheres escritoras nesse domingo (12.06).

Aberto para todas as mulheres que tenham publicado algum livro no Brasil, o movimento surgiu em São Paulo e ocorreu em outras cidades do país, dentre as quais Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Curitiba, Lisboa, Macapá, Porto Alegre e Salvador. Em Cuiabá, a mobilização foi organizada pelo Coletivo Literário Maria Taquara (Mulherio das Letras MT) e a editora Carlini e Caniato.

De acordo com a jornalista e escritora Larissa Campos, do Coletivo Literário Maria Taquara, o momento histórico é digno de registro pois revela que a participação feminina na literatura está em expansão. 

“Essa mobilização é um marco na história da literatura brasileira porque mostra, para nós mesmas enquanto mulheres escritoras e para a sociedade, que as mulheres estão ocupando os espaços de discussão, difusão e prática literária. E isso acontece não só pela necessidade de representatividade, mas também percebemos que o público tem colaborado, lendo e reverenciando as obras de mulheres”, lembra Larissa.

O crescimento da participação feminina na literatura é corroborado nos dados da mais recente seleção pública de fomento ao setor em Mato Grosso. Realizada pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), a edição 2022 do edital Estevão de Mendonça de Incentivo à Literatura teve 159 inscrições com identificação de gênero feminino, o que representa 54% do total de inscritos.

Para o secretário adjunto da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), Jan Moura, a produção literária feita por mulheres é intensa e são necessárias políticas culturais que possam garantir o equilíbrio do acesso às fontes de financiamento, às editoras e à distribuição.

“Vivemos num mundo de desigualdades, que não começaram hoje e ainda levará um tempo para serem superadas. Aqui na Secel-MT, temos trabalhado para assegurar políticas de equidade e valorização, com ações que não sejam apenas um discurso floreado de diversidade, mas que, de fato, possam mudar a lógica do acesso e fazer a necessária reparação histórica”, enfatiza Jan.

Dentre as medidas para diminuir as desigualdades na produção cultural, os editais da Secel-MT geralmente oferecem pontuação nos critérios de seleção aos projetos cujos proponentes expressam identidade de gênero feminino. 

O Palácio da Instrução

Tombado como patrimônio histórico e cultural de Mato Grosso, o Palácio da Instrução foi inaugurado em 1914 para sediar instituições de ensino de referência da cidade: a Escola Normal Pedro Celestino e a Escola Modelo Barão de Melgaço, e mais tarde, o Liceu Cuiabano.

O prédio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), que serviu de cenário para a foto histórica, está localizado no centro de Cuiabá e sedia atualmente a Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça.

Fonte: GOV MT

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias