NOVA XAVANTINA

Padrasto é condenado a 58 anos de cadeia por abusar de enteada desde os 5 anos de idade

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

Araguaia Notícia com Alô Xavantina

Após jugalmento pelo crime continuado de estupro, um homem foi condenado a 58 anos de reclusão por estuprar a enteada desde os 5 anos de idade. O crime foi descoberto na zona rural da cidade de Nova Xavantina, a 150 km de Barra do Garças-MT. Hoje, a vítima, tem 15 anos. A sentença saiu dia 6/5. A mãe da adolescente, por ter sido considerada conivente com a situação, foi condenada a 20 anos de prisão. A decisão ainda cabe recurso na justiça.

Em abril de 2021, a Policia Civil após tomar conhecimento de um crime de estupro de vulnerável fez um brilhante trabalho investigativo e promoveu a detenção de um padastro, que estuprava enteada de 15 anos, desde os 5 anos de idade na zona rural da cidade de Nova Xavantina MT.

Relembre o caso

A Polícia Judiciária Civil de Nova Xavantina prendeu um Homem na noite de sexta-feira (09.04) após denúncias de estupro de vulnerável de uma adolescente de 15 anos de Idade, numa propriedade localizada na zona rural do município.

Os Investigadores receberam uma denúncia dando conta de que um padrasto estaria molestando sexualmente a sua enteada de apenas 15 anos de idade, constando ainda na denúncia que a adolescente teria filmado algumas investidas do abusador contra a jovem ainda na tarde de sexta-feira.

Diante da gravidade da denúncia, os policiais deslocaram para a chácara da família e realizaram a prisão do Suspeito em flagrante delito, onde em buscas pelo imóvel localizaram uma arma de fogo do tipo carabina, calibre .22, juntamente com 05 (cinco) munições intactas.

Na delegacia, a vítima relatou que vinha sofrendo abusos sexuais por parte do padrasto desde os 5 anos de idade e que por não suportar mais tamanha agressão física e psicológica resolveu filmar e enviou o vídeo para parentes, afim de que fosse tomadas as medidas pertinentes, relatando ainda que sentia muito medo do suspeito pelo fato dele possuir arma de fogo em casa.

A vítima foi encaminhada para o Hospital Municipal a fim de realizar os procedimentos legais de constatação do ocorrido. A prisão do suspeito foi ratificada pelo Delegado de Polícia, o qual determinou a competente lavratura do Auto de Prisão em Flagrante pela pratica do crime sexual e pela posse ilegal de arma de fogo, sendo que após passar pelos procedimentos de praxe será encaminhando para o presídio Major Zuzi Alves da Silva na cidade de Água Boa/MT, onde permanecerá à disposição da Justiça. 

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias