NOVA XAVANTINA

Homem é morto após fugir de delegacia e ser baleado

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

G1 MT 
ARAGUAIA NOTÍCIA

Um homem foi morto na manhã desta sexta-feira (6) após fugir da Delegacia de Polícia Civil, na Avenida Tenente Coronel Duarte, a Avenida da Prainha, no centro de Cuiabá.

Ele foi baleado por um policial civil. A instituição emitiu nota afirmando que episódio será investigado pela Corregedoria da Polícia Civil. Segundo informações, ele estava preso na unidade quando conseguiu escapar, mas foi perseguido por policiais civis e acabou sendo baleado.

O homem morreu no local. Ele foi identificado como Anderson Conceição de Oliveira, de 32 anos. Equipes da Perícia Técnica (Politec) isolaram a área. O trânsito ficou congestionado na avenida. Em nota, a Polícia Civil afirma que está investigando o caso. Veja a íntegra da nota:

A Polícia Civil, por meio da Corregedoria Geral da instituição, iniciou a apuração sobre morte por intervenção de agente do estado ocorrida na manhã desta sexta-feira (6), na região central da cidade, envolvendo um investigador e um foragido da Justiça, durante o registro de uma ocorrência.

Anderson Conceição de Oliveira, 32 anos, compareceu na manhã de hoje à Central de Ocorrências de Cuiabá, localizada no prédio da 1ª Delegacia de Cuiabá, na Avenida Tenente-Coronel Duarte (Prainha), para registrar um boletim de ocorrência por extravio de documento.

Em checagem no sistema policial, foi constatado que Anderson estava com um mandado de prisão definitiva, em aberto, decretado desde o ano passado pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá pelo crime de roubo majorado, sendo considerado foragido da Justiça.

Ao ser notificado da ordem judicial, o homem saiu correndo da delegacia, em fuga, dando início a uma perseguição policial, quando ocorreu o disparo que o atingiu.

Logo após os fatos, o Samu prestou atendimento e constatou o óbito. A Delegacia de Homicídios realizou o primeiro atendimento no local e acionou a Corregedoria da Polícia Civil.

O policial que efetuou o disparo foi encaminhado para a Corregedoria Geral da instituição, onde ele será autuado em flagrante delito e também será apurada a responsabilização administrativa do servidor.

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias