NOVA XAVANTINA

Socioeducativo de Cuiabá realiza evento sobre culinária, história e cultura de diversos países

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

Os adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Masculino de Cuiabá promoveram, na manhã desta quinta-feira (05.05), o encerramento da atividade ‘Festival das Nações’, uma imersão na cultura de vários países. Os jovens apresentaram um pouco dos costumes, história, geografia e culinária da África, Estados Unidos, México, Japão, Alemão, Itália e Líbano.

O diretor do Case Cuiabá, Urias Avelino Dantas, explica que o projeto faz parte do calendário anual da escola da unidade. “A ideia é que os adolescentes aprendam sobre a cultura de diversas nacionalidades e, para cada apresentação, há um convidado ministrando um pouco da cultura, história e geografia do país”, afirma.

Urias ressalta que essa é uma oportunidade para o adolescente privado de liberdade ter uma experiência diferente na unidade, somando às outras atividades e oficinas que são realizadas comumente. Ainda conforme o diretor, todo e qualquer momento que proporcione interação entre os adolescentes, aliado à reflexão artística, funciona como uma prática que beneficia o processo de ressocialização.

“Esse trabalho só está sendo possível graças aos nossos servidores, professores, gestores do Case, analistas de atendimento e o envolvimento dos próprios adolescentes que participam ativamente das oficinais, eles ficam encantados com os estilos de músicas, danças e a cultura dos países”, comenta.

A professora da Escola Estadual de Socieducação, Vanessa Aparecida, apresentou um pouco das técnicas da dança do ventre predominantes no Líbano. “Eu comecei a praticar ainda em 2015 e foi amor à primeira vista. Assim que começamos a organizar pensamos em trazer um pouco dessa cultura para os meninos”.

Formado em assistência social, o mecânico Anilton Andrade Ferreira foi convidado para auxiliar os adolescentes a apresentar sobre a África. O profissional é natural de Cabo Verde, mas mora em Cuiabá há 15 anos.

“Agradeço muito o convite do Case para ajudar no Festival das Nações. Foi uma oportunidade de matar as saudades do meu país e de me reconectar com a minha história. É mais gratificante ainda ver que os adolescentes se dedicaram tanto e estudaram muito para fazer essa mostra dar certo”, comentou. 

A assistente social da unidade, Lúcia Helena, explica que atividades como essa são de extrema importância no processo de privação de liberdade dos menores em conflito com à lei. “Eventos como este favorecem a criação de um vínculo ainda maior dos adolescentes e servidores. As atividades começaram no último dia 25 e hoje é o encerramento de um trabalho que teve muita dedicação e esforço”.

O superintendente de Administração Socioeducativa, Iberê Ferreira da Silva Junior, complementou que as atividades culturais despertam a curiosidade dos jovens para quando saírem da unidade. “Esse evento motiva o adolescente a estarem fora do sistema socioeducativo, buscando novas oportunidades e conhecimento a partir da cultura”, disse.

No Sistema Socioeducativo já estão previstas outras oficinas e atividades lúdicas.

Fonte: GOV MT

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias