NOVA XAVANTINA

Aprendizes do curso de Administração Rural realizam Feira de Empreendedorismo em usina

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

A turma de jovens aprendizes do curso de Administração Rural realizado pela Usina Santo Antônio, em parceria com o Senar Alagoas, promove até a próxima sexta-feira (06), a I Feira de Empreendedorismo. A iniciativa tem por objetivo incentivar os alunos a desenvolverem habilidades voltadas para o mercado do agronegócio.

Foram criadas cinco empresas fictícias do ramo de alimentos e distribuídas nos setores da usina, como Administrativo, Agrícola, Oficina e Laboratório Biológico. Os jovens aprendizes estão tendo a oportunidade de vivenciar a rotina desses negócios, que vai desde a criação da marca, precificação dos produtos e contato direto com os clientes.

“A Feira de Empreendedorismo tem por objetivo incentivar os alunos a buscarem o autoconhecimento através de novas vivências e oportunidades, além do desenvolvimento de habilidades empreendedoras, fazendo com que eles avaliem as melhores estratégias de venda, visando a lucratividade da empresa”, explica Vânia Paes, instrutora designada pelo Senar Alagoas para ministrar o curso.

Cursos do FAT

E na próxima segunda-feira (09) tem início novas turmas dos cursos contemplados com o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Desta vez, serão atendidos os funcionários das Usinas Marituba e Caeté, do Grupo Carlos Lyra, que vão receber Formação Profissional Rural certificada pelo Senar Alagoas.

O curso nas duas usinas será o de Mecanização Agrícola, onde os trabalhadores aprendem sobre legislação de trânsito, identificação das fontes geradoras dos riscos à saúde do trabalhador, operação de máquina e implementos, inspeção, regulagem e manutenção, e aula prática.

Além disso, o curso também conta com os módulos de Relações Interpessoais, Educação Ambiental e Saúde e Segurança no Trabalho. Os cursos são uma exigência do Ministério do Trabalho, com o objetivo de evitar demissão de trabalhadores no período de entressafra da cana-de-açúcar. Todos os participantes recebem uma bolsa de estudos paga pelas usinas. Para realizar as capacitações, o Senar Alagoas utiliza recursos financeiros provenientes da contribuição previdenciária rural.

Fonte: CNA Brasil

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias