NOVA XAVANTINA

Fábio Garcia toma posse no Senado com licença de Jayme Campos por 4 meses e destaca posição de independência

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp


O presidente do União Brasil de Mato Grosso, Fábio Garcia, tomou posse no cargo de senador da República, na quarta-feira, 6/4, em Brasília. Ele assume após o senador Jayme Campos (UB) ter pedido licença, para tratar de assuntos pessoais, por 4 meses (121 dias).

Em seu primeiro discurso no Senado, Fábio Garcia destacou que assume o cargo com a “posição de independência e sem amarras”. “Assumo em uma posição de independência, sem amarras o que me permite trabalhar de forma livre e independente, para tudo aquilo que seja bom para o meu estado de Mato Grosso e para o nosso país”, destacou.

Ele também aproveitou para agradecer aos companheiros, amigos e familiares e fez uma menção especial ao governador Mauro Mendes.

“Quero aqui agradecer ao amigo e governador do meu estado, Mauro Mendes. A pessoa mais importante na minha vida pública, que me colocou na política. Um exemplo de grande gestor, administrador que em menos de três anos transformou um estado deficitário, no estado que mais investe no país. Na ousadia de estadualizar rodovias federais e de criar a primeira ferrovia estadual do nosso país”, lembrou. 

Fábio também defendeu que o país precisa de reformas, e que tenha um “sistema tributário simples, com regras claras, estabilidade jurídica, regulatória e institucional”. “Minha experiência como empresário me fez conhecer a necessidade de simplificar o Brasil e reduzir a carga tributária, para torná-lo mais competitivo”, enfatizou.

Outro ponto destacado pelo parlamentar foi sobre a situação política e econômica pela qual o país se encontra. Sem citar lados da polarização, ele ponderou que “não contem comigo para dividir ainda mais esse nosso país. Não contem comigo para antecipar o processo eleitoral.”. Ele ainda acrescentou que está pronto “a construção de um projeto moderno para colocar a economia nacional nos trilhos e que seja capaz de fazer os verdadeiros enfrentamentos que o país precisa”.

Na avaliação dele, o importante para o momento é combater a inflação, a escalada dos preços dos combustíveis, da energia e do gás de cozinha que encarecem a vida dos brasileiros. “Precisamos valorizar a nossa moeda, diminuir a taxa de juros, para que o custo do Brasil seja melhor para todos os brasileiros”, afirmou.

Durante o ato de posse, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, destacou que Garcia é um “excelente defensor dos temas relativos ao estado e sua juventude o faz um político diferenciado. Essa casa se alegra muito de recebê-lo”. Garcia fica no cargo pelo prazo de 4 meses, durante a licença do senador Jayme Campos.
 

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias