NOVA XAVANTINA

Sesp promove seminário para debater melhoria do atendimento socioeducativo

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp


A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), por meio da Secretaria Adjunta de Justiça, iniciou nesta terça-feira (05.04) o Seminário Estadual Sobre a Prática Socioeducativa, para melhorar a qualidade do serviço de acompanhamento dos adolescentes em conflito com a lei. Durante o encontro, serão compartilhadas experiências de sucesso no acompanhamento do adolescente, a fim de alinhar o atendimento dos menores.

O evento faz parte do calendário da programação anual para a formação continuada dos servidores que atuam no Sistema Socioeducativo e vai até quinta-feira (07.04). O encontro reúne servidores que trabalham diretamente com o acompanhamento dos adolescentes em conflito com a lei das seis unidades socioeducativas de Mato Grosso.  

A secretária adjunta de Justiça, Lenice Silva dos Santos Barbosa, participou da abertura do seminário e destacou que o foco é o adolescente. “O que podemos fazer para melhorar nossas condições de trabalho e as condições de atendimento dos adolescentes? Nós temos que construir um sistema socioeducativo melhor e somente nós somos capazes de fazer isso”, disse.  

O superintendente de Administração Socioeducativa, Iberê Ferreira da Silva Junior, lembrou que o encontro faz parte da constante busca pela melhoria do atendimento socioeducativo. “O seminário vai permitir o alinhamento do atendimento e acompanhamento dos adolescentes no Estado, trazendo todos os servidores, para discutir o tema e buscar a parametrização do atendimento”.

Entre os palestrantes do seminário está a coordenadoria do Sistema Nacional de Socioeducação (Sinase), Giselle da Silva Cyrilo, que é a instituições responsável por formular e coordenar a execução da política nacional de atendimento socioeducativo, além de elaborar o Plano Nacional de Atendimento Socioeducativo, que norteia os serviços ofertados nos estados.

Durante o seminário, os palestrantes vão compartilhar as experiências positivas de socioeducação de Mato Grosso e de outros estados, como Fabiana Malheiros do Instituto de Atendimento Socioeducativo do Estado do Espírito Santo, e Ida Cristina Rebelo Mota, da Escola de Gestão Socioeducativa Paulo Freire.  

Arte e Reflexão

Durante o seminário os participantes poderão acompanhar apresentações artísticas, como dança e performance, dos adolescentes da unidade masculina do Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) de Cuiabá e que participam do projeto Oficinas Socioeducativas, que está dentro do projeto Político Pedagógico da unidade.

A performance artística “Caminhos (Ex)postos”, traz uma reflexão sobre as brechas que os adolescentes e jovens podem encontrar ao longo do seu desenvolvimento, e que possibilitam conhecer outras caminhos no mundo.  A coreografia de dança urbana “Sujeito de sorte”, que dentro do estilo hip hop, compõe a mesma dramaturgia da performance anterior.

A instrutora artística dos adolescentes, Elka Victorino, explica que as atividades desenvolvidas na unidade trazem uma reflexão sobre os atos e escolhas. “A subjetividade da arte permite a criação coerente no pensamento dos adolescentes e representam as escolhas que fazemos no percurso da nossa vida, para que possamos transformar uma sociedade ou fiquemos alheios a ela”, elencou.  

Colaboração Wellyngton Souza

Fonte: GOV MT

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias