NOVA XAVANTINA

Nesta quinta-feira, dia 7: “Mulheres do agro: seja, faça e aconteça” é foco de evento do Sistema Faesc/Senar-SC

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp


O Sistema Faesc/Senar-SC (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) promove, nesta quinta-feira (07), a live “Mulheres do agro: seja, faça e aconteça”. O evento ocorrerá às 19 horas pelo Microsoft Teams.

A programação contará com as palestrantes Edilene Steinwandter (ex-presidente da Epagri, engenheira agrônoma, graduada pela UDESC) e Laine Valgas (jornalista apresentadora da NSCTV, especialista em Inteligência Emocional e Psicologia Positiva).

As organizadoras do evento Andreia Barbieri Zanluchi (coordenadora do Departamento Sindical da Faesc) e Nayana Setubal Bittencourt (técnica em atividades de Formação Profissional do Senar/SC) explicam que o encontro é destinado às mulheres do agro de SC vinculadas aos Sindicatos Rurais. Para participar é necessário ter o seguinte perfil: ser produtora rural no exercício da atividade; possuir propriedade rural em Santa Catarina; ser associada ao Sindicato Rural (ou dependente de associado); além de ter propósito de contribuir com a Faesc para o crescimento do agronegócio catarinense e o fortalecimento do Sistema Sindical Rural.

Segundo Nayana, além de conhecimentos, o evento trará inspiração às mulheres, pois as palestrantes são grandes referências no Estado como profissionais.  “As mulheres estão cada vez mais envolvidas nas atividades econômicas e profissionais de suas propriedades, além de participarem de iniciativas associativistas e de organizações sociais. Queremos que elas estejam cada vez mais preparadas para atuar nas mais diversas atividades que envolvem o agro e, por isso, planejamos essa live com muito carinho”, complementa Andreia.

O presidente do Sistema Faesc/Senar-SC, José Zeferino Pedrozo, é um grande incentivador da promoção de ações que visam o aperfeiçoamento das habilidades empreendedoras das mulheres que atuam campo. “A mulher tornou-se agente de mudanças e transformações, tanto que sua participação como responsável pelos estabelecimentos rurais cresceu significativamente em todo o País. Desejamos que essa situação siga evoluindo e, por isso, queremos fortalecer cada vez mais os programas e eventos destinados às mulheres”.

Fonte: CNA Brasil

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias