NOVA XAVANTINA

Na estreia, Atlético PR fica no empate sem gol

COMPARTILHE


Um ponto fora de casa na estreia na CONMEBOL Libertadores.

O Athletico dominou o Caracas, nesta terça-feira (5), na Venezuela, mas não conseguiu balançar as redes do Estádio Olímpico da UCV. O empate em 0 a 0 abriu a disputa do Grupo B. The Strongest e Libertad completam a rodada na quinta-feira (7), na Bolívia.

A próxima partida do Furacão na competição continental está marcada para a quinta-feira da semana que vem (14). O adversário será o The Strongest, às 19h, no Caldeirão.

Antes, o Rubro-Negro fará outra estreia na temporada, agora pelo Brasileirão. No domingo (10), o time athleticano encara o São Paulo, no Morumbi.

O Jogo

Mesmo jogando fora de casa, o Athletico teve o controle da partida desde o começo e as chances de gol não demoraram para aparecer. A primeira finalização foi do estreante Orejuela, aos 3′, dando trabalho ao goleiro do Caracas.

O Furacão seguiu atacando. Pela esquerda, Tomás Cuello era uma ameaça constante à defesa do time da casa. Aos 4′, ele acionou Pablo, que rolou para Terans bater em cima do goleiro. Logo depois, em mais uma tabela com Pablo, cruzou com perigo e zaga afastou.

O ataque rubro-negro ia envolvendo o sistema defensivo do adversário. Aos 12′, Pablo tocou de calcanhar para Marcelo e o goleiro Baroja fez mais uma defesa. No rebote, Cuello chutou travado.

O Caracas só se arriscava nos contra-ataques, mas encontrava Bento sempre atento na meta rubro-negra. E o Furacão também passou a arriscar chutes de longa distância, com Terans e Marcelo.

Ainda na primeira etapa, o Athletico chegou em mais duas boas jogadas. Primeiro, Cuello cruzou na pequena área e a zaga cortou. Terans pegou a sobra e bateu firme, mas Baroja espalmou de novo. Em seguida, Lucas Halter tocou para Pablo, que acertou um lindo passe para Terans. O uruguaio chegou chutando de primeira e mandou para fora.

O segundo tempo seguiu na mesma toada, com o Athletico pressionando o adversário. Em cruzamento de Orejuela, Marcelo bateu na rede pelo lado de fora. E em uma cobrança de falta na entrada da área, Terans bateu com categoria e Baroja salvou mais uma vez.

O goleiro do Caracas foi se transformando no grande nome da partida. Aos 17′ e aos 33′ ele defendeu dois bons chutes de Christian de fora da área. Entre eles, o Athletico também chegou com Terans, em um chute que a zaga travou no último instante.

Terans voltou a finalizar com perigo após um cruzamento de Vitor Bueno. E no último lance da partida, Bento garantiu o ponto para o Athletico ao defender um chute de Akinyoola, no último contra-ataque da equipe local.

Ficha técnica: Caracas 0x0 Athletico Paranaense
CONMEBOL Libertadores 2022: Grupo B – 1ª rodada
Data: 05/04/2022
Horário: 19h15 (Brasília)
Local: Estádio Olímpico da UCV, em Caracas (Venezuela)

Árbitro: Andrés Rojas (Colômbia)
Assistentes: Sebastián Vela (Colômbia) e David Fuentes (Colômbia)
Quarto árbitro: Michael Espinoza (Peru)

Caracas: Baroja; Fereira, Rivero, Quijada e Notaroberto; Castillo e Suárez; Bonsu (Rodríguez, aos 36′ do 2º tempo), Ramírez (González, aos 25′ do 2º tempo) e Guarirapa (Ovando, aos 40′ do 2º tempo); Akinyoola
Técnico: Francesco Stifano
Cartão amarelo: Notaroberto

Athletico Paranaense: Bento; Orejuela (Khellven, aos 24′ do 2º tempo), Pedro Henrique, Lucas Halter e Abner; Christian (Rômulo, aos 39′ do 2º tempo), Hugo Moura e David Terans; Marcelo Cirino, Pablo (Marlos, aos 15′ do 2º tempo) e Tomás Cuello (Vitor Bueno, aos 24′ do 2º tempo)
Técnico: Alberto Valentim
Cartão amarelo: Hugo Moura

Fotos: José Tramontin/athletico.com.br

Comente abaixo:

COMPARTILHE

FAMOSOS

Últimas Notícias