NOVA XAVANTINA

Vereador é preso após ser acusado de agressão pela esposa e diz que a PM irá se arrepender

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp


Araguaia Notícia com informações do Olhar Alerta e Olhar Direto

O vereador do município de São José do Xingu, Marcos Rogério (PSB), conhecido como ‘Bugão’, foi preso em flagrante pela Polícia Militar na madrugada de domingo (27/3), após ser denunciado por sua esposa pelo crime de violência doméstica.

De acordo com informações do boletim de ocorrência registrado pela esposa do suspeito, o marido estava em uma distribuidora de bebidas, há algumas horas, mas que em determinado momento, saiu do local com alguns amigos e demorou certo tempo para retornar.

Quando o homem, que é vereador da cidade, retornou, a mulher o questionou sobre a atitude e os dois foram embora. Já dentro do carro, o suspeito começou a passar as mãos no corpo da vítima, de 34 anos, atitude que a irritou. Segundo a ocorrência, ela mordeu o braço do homem, que em represália, desferiu um soco em sua boca.

A mulher teria descido do carro, e ao tentar conversar com o parlamentar, ele teria dado outro soco na cabeça dela, além de ameaçá-la dizendo que a mataria.

A vítima informou aos policiais que não é a primeira vez que é ameaçada e agredida pelo companheiro e decidiu representar criminalmente contra ele, além de solicitar medida protetiva prevista na Lei Maria da Penha, a qual impede que o homem se aproxime ou mantenha contato com ela.

O vereador foi até o Núcleo de Polícia Militar conduzindo seu veículo e acabou preso por estar em visível estado de embriaguez. Ele, inclusive, confessou ter bebido em uma distribuidora antes dos fatos.

O homem foi autuado pelos crimes de lesão corporal, ameaça e conduzir veículo automotor sob a influência de álcool. Testemunhas informaram à reportagem que, durante o procedimento policial, o parlamentar informou que era influente politicamente e que iria cuidar para que os policiais fossem retirados de seus cargos ou ainda removidos da cidade.

O caso seguiu para a Delegacia de Polícia Judiciária Civil.

CLIQUE AQUI  e entre no grupo de whatsApp do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

CLIQUE AQUI e entre no grupo do telegram do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real
 
 

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias