NOVA XAVANTINA

Chefe do Instagram vai depor nos EUA sobre efeitos nocivos do app em jovens

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp


source
Adam Mosseri, chefe do Instagram
Reprodução/Instagram

Adam Mosseri, chefe do Instagram

O chefe do Instagram, Adam Mosseri, se ofereceu para testemunhar ao Congresso dos EUA sobre os efeitos nocivos do aplicativo de fotos e vídeos na saúde mental de jovens e garotas adolescentes . O depoimento está marcado para dezembro, quando Mosseri deverá ser ouvido durante um painel do subcomitê de proteção ao consumidor com foco no bem-estar de crianças.

Meta escolhe Adam Mosseri no lugar de Zuckerberg

O pedido para que Adam Mosseri testemunhasse perante o Congresso veio do senador democrata Richard Blumenthal. Ele presidiu o subcomitê que ouviu a ex-gerente de produto do Facebook, Francis Haugen . Ela vazou os documentos que deram origem ao Facebook Papers , série de reportagens do Wall Street Journal sobre escândalos internos da Meta, dona do Facebook.

O parlamentar havia escrito uma carta para Mark Zuckerberg e Mosseri solicitando que um dos executivos fosse ao Capitólio para depor sobre as revelações de Haugen. Blumenthal apontou na mensagem que o Facebook “providenciou relatos falsos ou imprecisos a mim sobre as tentativas de esconder suas pesquisas internamente”.

Leia Também

A pesquisa a que Blumenthal se refere foi revelada por Haugen: um relatório do Facebook sobre um “ranking baseado em engajamento no Instagram que pode fazer com que crianças deixem de ver receitas saudáveis para verem um conteúdo que promove anorexia, em um período de tempo muito curto”.

Blumenthal também preside o subcomitê de proteção ao consumidor que ouvirá o depoimento de Adam Mosseri. Será a primeira vez que o CEO do Instagram testemunhará ao Congresso — Zuckerberg já o fez quatro vezes.

“Ele [Mosseri] é o chefe do Instagram, e o país inteiro está perguntando sobre o porquê de o Instagram e outras plataformas de tecnologia terem criado tanto perigo ao direcionar crianças a conteúdos tóxicos por meio de algoritmos imensamente poderosos”, disse o senador ao New York Times.

CEO do Instagram deve apontar efeitos da rede em crianças

Durante o depoimento de Mosseri, o senador americano planeja exigir do executivo que o Instagram torne público seu ranking e algoritmo de recomendação, para que especialistas analisem como a rede social pode impulsionar conteúdo nocivo. Blumenthal aponta que representantes do TikTok, Snapchat e YouTube prometeram algo parecido após deporem ao Congresso.

O senador também vai pedir a Mosseri que explique sobre os riscos de crianças caírem em armadilhas na rede devido ao algoritmo de recomendação. Um grupo de advogados-gerais de estados do EUA disse que está realizando uma investigação paralela sobre o Instagram.

No mês passado, o vice-presidente de assuntos globais da Meta, Nick Clegg, anunciou que o Instagram vai adicionar um modo para jovens “darem um tempo” da rede social . A plataforma também vai mandar notificações para usuários que estejam “obcecados” por um conteúdo, ou seja, que o visualizaram diversas vezes por um curto período de tempo.

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias