NOVA XAVANTINA

Prefeito acusa antecessora de tentar pagar empresas após fim de mandato em MT

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp


O prefeito de Chapada dos Guimarães, Osmar Froner (MDB), registrou um Boletim de Ocorrência, na última terça-feira (05), contra a ex-prefeita Thelma Pimentel Figueiredo de Oliveira (PSDB) e o ex-secretário municipal de Saúde, Rubens Dos Santos Ranzani, por utilizarem-se das contas bancárias do município, de forma ilegal, para fazerem pagamentos de fornecedores dentro do exercício de 2021. No registro de ocorrência, o prefeito afirma que a ex-prefeita e o secretário, que era ordenador de despesa do Fundo Municipal de Saúde, mediante uso de chave e senha bancária, fizeram TED’s programados (transferência de dinheiro programado) nos últimos dias da gestão passada para que fossem feitos pagamentos dentro do exercício de 2021.

Os pagamentos foram processados pelo banco no dia 04 de janeiro. Osmar explica que ambos sabiam que não havia saldo na conta nos últimos dias de dezembro. No entanto, no dia 04 deste mês, foi verificado que ocorreram quatro ordens bancárias da União em favor do município, que somados formam o montante de R$ 707.655,78.

Segundo consta no B.O, na mesma data foram feitos 12 pagamentos, no valor total de R$ 441.728,38, programados antes do término do exercício financeiro de 2020 por Thelma de Oliveira e Rubens Ranzani. Além disso, também houve uma tentativa de pagamento no valor de R$ 444.772,26, que não foi compensado por falta de saldo na referida conta bancária.

O prefeito Osmar Froner classificou como uma ação criminosa a medida adotada pelos ex-gestores “causou danos para toda população chapadense, principalmente os servidores públicos do município, uma vez que prejudicou o pagamento da folha de dezembro”, disse.

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

RELACIONADAS

FAMOSOS

Últimas Notícias