NOVA XAVANTINA

Prefeito Cebola poderá flexibilizar medidas liberando funcionamento de lojas, bares, restaurantes, Igrejas, serviços e velórios

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp


O prefeito de Nova Xavantina, João Batista Vaz – Cebola, após reunião na manhã desta segunda-feira, 13/04, com pessoas ligadas ao comércio local, poderá, nos próximos dias, flexibilizar as medidas de restrição no comércio adotadas para evitar a disseminação do novo Coronavírus na cidade.

Segundo informações levantadas pelo NX1, Cebola poderá liberar além das "atividades essenciais", lojas em geral, bares, restaurantes, pizzarias, clínicas de estética, academias, salões de beleza, barbearias, escritórios em geral, imobiliárias, despachantes, óticas, velórios, funerárias, cartórios, Igrejas, entre outros.

Em entrevista ao NX1, Cebola disse que a flexibilização está alinhada com o decreto do governo do Estado e seria em concordância com os estabelecimentos para que os mesmos adotem medidas de prevenção, como o uso obrigatório de máscaras por todos os colaboradores, clientes e consumidores que buscam o estabelecimento; intensificar ações de limpeza, disponibilizar produtos de assepsia aos clientes, equipamentos de proteção individual, ações de distanciamento entre os consumidores e funcionários e controle para evitar a aglomeração de pessoas, além de facilitar a divulgação de medidas de prevenção e enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

"Posso até assumir um compromisso de ceder e avançar um pouco na retomada, haja vista que até o presente momento não termos nenhum caso confirmado de COVID-19 em nossa cidade, mas tudo isso condicionado a não comprometer aquilo que fizemos até agora. Então, qualquer medida anunciada nesta semana poderá, a qualquer momento ser revogada, caso seja descumprida e se houver mudanças no cenário epidemiológico do município. “Tudo depende do comportamento de todos nós”, disse o prefeito lembrando que para isso será reforçado o setor de fiscalização do município, com mais fiscais.

Reuniões e festas, aniversários, confraternizações, continuam proibidas na cidade. Os clubes de pesca, escolas públicas e particulares, clubes recreativos e associações, continuam proibidos. Aglomerações em praias, sejam no perímetro urbano ou rural; os embarques e desembarques de canoas, jet’s, lanchas e outras embarcações, também ficarão com suas atividades temporariamente suspensas/proibidas.

O prefeito finaliza dizendo que tal flexibilização será acompanhada “mais de perto” de uma fiscalização mais rigorosa por parte do poder público municipal. “Quem não cumprir os distanciamentos, evitar aglomerações, zelar pelas medidas sanitárias recomendadas pelas autoridades de saúde e utilização obrigatória de mascaras para todos que saírem de suas residencias, serão penalizados na forma da lei.”, disse.

As atividades religiosas – cultos, missas, poderão se reunir, mas de forma escalonada, em células, de modo que não configure aglomeração de pessoas. Lembrando sempre que o uso de máscara é obrigatório em qualquer circunstancias. As igrejas poderão receber também os seus fiéis para aconselhamentos em números reduzidos ou individuais.

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias