NOVA XAVANTINA

Comissão vota a favor de novo decreto que abre parcialmente comércios essenciais de Nova Xavantina a partir de segunda, 30

COMPARTILHE


Uma comissão formada pelo CDL, Sindicato Rural, Sindicato dos Tabalhadores, Polícia Militar, Polícia Civil, Ministério Público, Corpo de Bombeiros, Imprensa e poder público, reuniram na parte da manhã na Câmara Municipal para decidir a respeito do decreto que fechou o comércio de Nova Xavantina devido a pandemia do Novo Corona Vírus.

Após todos falarem suas posições favoráveis e contrárias ao decreto, ficou decidido por meio de voto, a reedição do decreto a partir de segunda-feira, 30/03. 

A pedido do Jornalista Janio Gomes, a imprensa teve poder de voto, onde, o mesmo pediu para que o Diretor da Rádio Rezende FM – Divino Carlos votasse representando os meios de comunicação. 

Votaram para permanecer o decreto de fechamento total do comércio foram a Secretaria de Saúde Danielle Melo, Dr. Jessé Candini (OAB), e o
Promotor Dr. Wellington Petrolini (Ministério Público).  Polícia Militar não manifestou voto.

Votaram a favor do novo decreto que permitirá a abertura parcial do comércio a partir de segunda-feira, Endrigo Dalcin (Sindicato Rural), Francisco Argemiro Braga (CDL), Dr. Raphael Diniz (Delegado Polícia Civil), Marcelino da Paixão (Sindicato dos Trabalhadores) e desempatando Divino Carlos (representando a imprensa).

O prefeito João Batista Vaz – Cebola, não votou. O prefeito irá editar o decreto que será divulgado na segunda-feira com as novas medidas de segurança, dando autorização parcial da abertura de alguns comércios essenciais para a população.

Bares, lanchonetes, restaurantes e afins, terão seus serviços autorizados apenas por delivery.

Na segunda-feira, após o NX1 receber o decreto, estaremos disponibilizando a cópia do decreto por meio online no site, fanpage e grupos de Whatsapp.

Comente abaixo:

COMPARTILHE

FAMOSOS

Últimas Notícias