NOVA XAVANTINA

Festival de Pesca e Cezar e Paulinho fecham programação da Temporada de Praia neste fim de semana

COMPARTILHE


A programação da temporada de praia de 2019 em Nova Xavantina entra na sua semana de maior expectativa e recebimento de turistas e visitantes, que é a realização do 18º Festival de Pesca Amadora, que acontece neste próximo domingo, 21.

O evento é coordenado pélo empresário Roberto Santos Silva (foto), o Betão da Loja Garça e Pesca, a mais tradicional empresa do ramo em Nova Xavantina e região, e este ano será precedido pelo show da dupla Cezar e Paulinho, no sábado, 20, que promete atrair um grande público para o Complexo Balneário da Praia do Sol.

INSCRIÇÕES GRÁTIS

Falando ao site Sintonia News e programa Sintonia Roncador na última quinta feira, 11, Betão deu detalhes da atração. As inscrições estão sendo feitas na Secretaria Municipal de Turismo e Meio Ambiente e na Loja Garça e Pesca, sem custos, e com premiação em torno de R$ 15 mil para os classificados.

Beto disse que está recebendo diversas inscrições de Canarana e outros municípios, cujas equipes lhe passam os dados pelo whatsaap, e como não tem custo, a inscrição é feita. “Quem quiser pode me passar os dados, que eu faço, basta passar os dados no meu whatsaap, a pessoa não precisa estar presente, porque não tem custo”.

“O local da pesca é segredo, isso eu decido na hora” disse o experiente pescador, que agradeceu ao prefeito Cebola, Câmara de Vereadores e ao comércio local, que, como todos os anos, participa da confecção das camisetas, que levam as suas marcas e divulgam o evento e Nova Xavantina.

COTA ZERO

O coordenador é totalmente contra o projeto “cota zero” para pesca amadora, que impede o transporte, estocagem e comercialização de peixes dos rios de Mato Grosso; projeto de lei que está tramitando na Assembléia Legislativa, de autoria da deputada Janaína Riva (MDB).

“Não funciona porque só vale para a pesca amadora, os profissionais -com carteira e salário do governo federal durante o período do defeso- podem continuar pescando o tanto que quiser. Então vai continuar o problema. O pescador amador não pode mas o profissional pode, então o amador vai e compra toda a pesca do profissional e o problema continua. Eu sou a favor se valesse para todo mundo, se fechasse para todo mundo, aí sim” disse Beto.

Nas competições de pesca esportiva os peixes pescados são devolvidos ao rio.

Comente abaixo:

COMPARTILHE

FAMOSOS

Últimas Notícias