NOVA XAVANTINA

Prefeito Cebola assina ordem de serviço para início da construção do novo prédio do fórum de Nova Xavantina

COMPARTILHE


O prefeito de Nova Xavantina, João Batista Vaz – Cebola, assinou na tarde desta quarta-feira, 22/05, a ordem de serviço para início da construção do novo prédio do fórum de Nova Xavantina.

O novo prédio é a representação de um anseio da comunidade, tendo em vista que o local onde hoje está abrigada a sede da Justiça Estadual é antiga. Em Nova Xavantina, por exemplo, a estrutura é tombada pelo patrimônio público, pois foi um hospital na era do presidente Getúlio Vargas que foi sendo reformado para atender a demanda do Judiciário.

Segundo o presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, o Poder Judiciário de Mato Grosso (PJMT) tem tentado melhorar as sedes da instituição nas comarcas.

“Sabemos que essas construções vão melhorar os serviços entregues pela Justiça Estadual nas comarcas de Água Boa e Nova Xavantina e ao mesmo tempo vamos conseguir ajudar no crescimento dos dois municípios com geração de empregos, colaborando também com o Estado de Mato Grosso”, ressaltou o magistrado.

O prefeito João Batista Vaz – Cebola, também ressalta os benefícios trazidos para a cidade com a edificação afirmando que a comunidade está com grande expectativa. Principalmente a comunidade jurídica.

“Nosso fórum é uma obra tombada pelo patrimônio público e, mesmo passando por reformas, para acomodar as instalações do fórum, não acompanhou as mudanças do Judiciário. É importante lembrar também que grande parte do recurso que será investido, senão todo, deverá ficar em prol da comunidade local. A própria empreiteira que venceu o certame também é de Nova Xavantina. Teremos com isso geração de emprego, divisas e rendas para a cidade”, concluiu Vaz, aproveitando do momento para reivindicar mais juízes para a comarca.

O novo prédio deve custar cerca de R$ 8,8 milhões e será construído em um terreno doado pela prefeitura. O total de área construída soma 3.002 metros quadrados em uma área de 12.120 metros quadrados. O termo de cooperação prevê que os fóruns sejam financiados e fiscalizados pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso e licitados e executado pela prefeitura.

A ordem de serviço foi assinada na sala de reuniões da Presidência do TJMT em Cuiabá.

Comente abaixo:

COMPARTILHE

FAMOSOS

Últimas Notícias