NOVA XAVANTINA

Cartório Eleitoral de Nova Xavantina amplia horário para recadastramento biométrico do Título de Eleitor

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) ampliou o horário de atendimento no município de Nova Xavantina, onde acontece a revisão do eleitorado com coleta de dados biométricos. Foi publicado no Diário Eletrônico da Justiça desta quinta-feira (24.01) o edital nº 04/2019 da 26º Zona Eleitoral, onde a juíza eleitoral, Luciene Kelly Marciano Roos, determinou que o cartório no município funcione das 7h30 às 17 horas. A medida possibilitará ampliar em 50% o número de eleitores atendidos por dia.

“Neste mês de janeiro nós conseguimos ter uma boa resposta da população e estávamos atendendo utilizando nossa capacidade máxima, cerca de 100 eleitores por dia. Com essa ampliação do horário acredito que conseguiremos atender 150 eleitores diariamente. Pedimos a população que continue buscando a Justiça Eleitoral de forma antecipada, que não deixe para fazer o cadastramento biométrico nos últimos dias, evitando filas e transtornos”, destacou o chefe de cartório da 26ª Zona Eleitoral, Eliton Dias Padilha.

Nova Xavantina é um dos 26 mato-grossenses que atualmente passa pela revisão de seu eleitorado com cadastramento biométrico. Ao todo, o município possui 15 mil eleitores registrados no cadastro eleitoral. No levantamento realizado pela Justiça Eleitoral, 7,4% dos eleitores participaram da revisão biométrica. O atendimento está sendo realizado na sede do Cartório Eleitoral, que fica na Avenida Couto Magalhães, Centro.

O prazo final da revisão é o dia 29 de março e quem não comparecer terá o seu título eleitoral cancelado. Este eleitor não poderá: se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias.

Para realizar a revisão é necessário apresentar um documento oficial de identificação (RG, CNH, carteira de trabalho, carteira profissional, dentre outros definidos em lei), e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos e que irão requerer a primeira via do título (alistamento), é necessário também, apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar.

ACIMA DE 70 ANOS

Os eleitores com mais de 70 anos terão que participarem da revisão do eleitorado realizada pela Justiça Eleitoral. De acordo com informações do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE), atualmente a revisão com coleta de dados biométricos acontece em 26 municípios. Mesmo o voto sendo facultativo para essa faixa etária, o comparecimento aos cartórios eleitorais e postos de atendimento é obrigatório, uma vez a revisão tem caráter de convocação. Quem não fizer a revisão com biometria terá o seu título cancelado.

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias