NOVA XAVANTINA

‘Queremos humanizar a saúde’ diz diretora da Atenção Básica de Nova Xavantina

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp


Recém criado na rede municipal de saúde, o Departamento de Atenção Básica, que rege o funcionamento dos PSFs -Posto de Saúde de Família de Nova Xavantina-, está com pouco mais de duas semanas em fucionamento, tendo à frente a pediatra Drª Roberta Amorin, e já mudou o dia a dia da saúde na cidade.

Falando ao site NX1 e Rezende Notícias em sua sala no PSF Toneto, Drª Roberta -que veio de São José dos Campos-SP onde trabalhava na área- explicou que o trabalho consiste em "humanizar" a saúde, através da ação dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias.

"Os agentes visitam as famílias e fazem um verdadeiro raio-x da saúde dos moradores, trazendo as informações, de modo que nos PSFs fazemos um acompanhamento completo da saúde de cada morador, sabemos e acompanhamos todo o seu universo, por isso dizemos que se trata de "humanizar" a saúde" disse.

A diretora do novo departamento da sáude pública do município dividiu os atendimentos nos PSF em grupos de doenças, cada qual num dia da semana, afim de melhorar o atendimento.

GRUPOS DE ATENDIMENTO

O cronograma está assim dividido: pediatria e puericultura às segundas feiras; saúde do idoso e saúde do homem às terças; na quarta, hiperdia (diabetes e hipertensão) e dip (doenças infecto parasiatárias como hanserníase, tuberculose e HIV); na quinta feira, pré natal e saúde da mulher e nas sextas feiras, visitas domiciliares.

"Isto não quer dizer que os pacientes vão ter que "escolher dia" para ficar doentes, não é isso. As urgências médicas continuarão tendo atendimento, pois se encaixam nas vagas de urgência reservadas para cada PSF" explicou a diretora, ressaltando que cada grupo possui um universo de informações que os médicos não tem tempo de repassar nas consultas, e que nas palestras, serão abordadas.

PALESTRAS

Segundo ela, antes dos atendimentos destes grupos, haverão pequenas palestras, de vinte a quarenta minutos, em linguagem simples e direta, para que as pessoas possam entender o que está sendo dito.

"Essas palestras vão servir para fazer uma educação coletiva de saúde dentro do grupo, e troca de experiências. Nós da equipe médica vamos falar, a população também vai falar, e trazer tópicos que tenham curiosidade e queiram aprender sobre aquele grupo".

Drª Roberta adiantou que mesmo quem não esteja com consulta agendada, mas que queira participar das palestras, será bem vindo. "Queremos conhecer a realidade da população que estamos atendendo, precisamos conhecer as pessoas, saber dos seus problemas, nosso objetivo é criar um vínculo com a comunidade. Nós não cuidamos apenas das doenças, cuidamos das pessoas".

PARAÍSO

Sobre o atual momento da Saúde em Nova Xavantina, a diretora do Departamento de Atenção Básica do município foi taxativa: "Estamos num paraíso e não sabemos. A realidade de Nova Xavantina é muito melhor do que muitos centros médicos, agente não tem nem demanda reprimida, não tem lista de espera de consulta. Hoje por exemplo, em São Paulo, existe listas de espera de cinco, seis meses e Nova Xavantina não, você vai numa Unidade de Saúde e consegue ser atendida no mesmo dia. Isto é um sonho de consumo para qualquer população do SUS no Brasil" exaltou.

A diretora explicou que espera o apoio da população, que todos compreendam este novo cronograma de atendimento e participe das palestras, "para podermos desenvolver uma medicina mais humanizada no município" concluiu.

A entrevista completa com o Drª Roberta Amorin irá ao ar nesta sexta feira, às 12 horas, no programa Rezende Notícias, da FM /Rezende – 90.7 – sintonizada em você. Não perca!

Comente abaixo:

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

FAMOSOS

Últimas Notícias